Zoom indica em Celular e Smartphone

Moto G8 Plus vs Xiaomi Redmi Note 8: compare os celulares intermediários

Compare fichas técnicas, recursos e os preços dos smartphones e descubra qual é a melhor opção de compra para você.

Moto G8 Plus
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

O Moto G8 Plus e o Redmi Note 8 são celulares da Motorola e Xiaomi, respectivamente, que tiveram lançamento em 2019. Ambos os smartphones têm ficha técnica intermediária e recursos que tendem a agradar o público que busca bom desempenho, inovação e design elegante, por um preço em conta – que varia entre R$ 1 mil e R$ 1,3 mil, considerando as versões importadas do aparelho chinês.

Para quem está em dúvidas sobre qual dos celulares é o melhor para comprar no Brasil, preparamos um comparativo de especificações que detalha todas as diferenças entre os modelos, e te ajuda a decidir qual deles combina melhor com o seu dia a dia. Dê um Zoom e descubra quem leva a disputa pela sua preferência.

Leia também: Melhor celular custo-benefício em 2020: qual modelo comprar

Moto G8 PlusMoto G8 PlusXiaomi Redmi Note 8Xiaomi Redmi Note 8
Data de lançamento
Outubro de 2019 Setembro de 2019
Tamanho da Tela
6,3 polegadas Full HD+, (19:9) 6,3 polegadas Full HD+, (19,5:9)
Resolução da Tela
Full HD+ (2280 x 1080 pixels) Full HD+ (2340 x1080 pixels)
Processador
Snapdragon 665 Snapdragon 665
Memória RAM
4 GB 3 GB, 4 GB ou 6 GB
Armazenamento
64 GB 32 GB, 64 GB ou 128 GB
Memória expansível
Sim, até 512 GB Sim, até 256 GB
Câmera traseira
48 MP + 16 MP + 5 MP 48 MP + 8 MP + 2 MP + 2 MP
Câmera frontal
25 MP 13 MP
Filma em
4K @ 30 fps 4K @ 30 fps
Bateria
4.000 mAh 4.000 mAh
Dual chip
Sim Sim
Acesso à Internet
Sim Sim
Sistema operacional
Android 9 Pie Android 9 Pie
Leitor de digitais
Sim (traseira) Sim (traseira)
Reconhecimento Facial
Sim Sim
Carregamento sem fio
Não Não
Dimensões (A x L x E)
158,4 x 75,8 x 9,1 mm 158,3 x 75,3 x 8,35 mm
Peso
188 g 190 g
Cores
Azul Safira, Cereja Moonlight White (Branco), Neptune Blue (Azul), Space Black (Preto)
Ver ofertas Ver ofertas

Câmeras: Moto G8 Plus é mais indicado para vídeos de ação e leva vantagem em selfies noturnas

Um olhar rápido para a ficha técnica do Redmi Note 8 pode indicar uma vantagem no conjunto fotográfico para o smartphone chinês, que tem uma câmera a mais. São quatro sensores traseiros: um principal de 48 MP, um de 8 MP que trabalha com lente grande-angular de 120°, um de profundidade de 2 MP e uma lente macro, também com sensor de 2 MP, para fotos de objetos próximos.

Porém, apesar de o Moto G8 Plus ter câmera traseira tripla (ou seja, uma lente a menos), dois de seus sensores têm maior resolução. Para explicar em detalhes: o G8 Plus também tem um sensor principal de 48 megapixels. No entanto, o celular da Motorola vem com o recurso de câmera de ação ultra-wide com estabilização eletrônica (EIS), no estilo GoPro, visto anteriormente no One Action. Vale o alerta: sua lente ultra-wide com sensor de 16 MP é usada exclusivamente para vídeos, sendo indicada principalmente para quem quer registrar cenas de muito movimento (como esportes radicais) com o smartphone. A terceira lente tem sensor de 5 MP, para auxiliar no Modo Retrato.

Nesse quesito, portanto, quem tem uma rotina mais voltada para a criação de vídeos, deve se interessar mais pelo Moto G8 Plus. Usuários que curtem inovar tirando fotos de objetos muito próximos, ou que querem a lente ultra-ampla também para fotos deverão curtir mais o Redmi Note 8.

Nas selfies, o Moto G8 Plus tende a entregar os melhores resultados em ambientes com iluminação baixa, já que conta com a tecnologia Quad Pixel (presente também na câmera traseira), para melhorar a sensibilidade à luz.

Ambos contam com recursos de Inteligência Artificial para reconhecimento e otimização de cena, além de também conseguirem entregar bons resultados com o Modo Retrato, apesar de utilizarem apenas uma câmera frontal.

Tela: um empate técnico em tamanho, tecnologia e resolução

Quem comprar um destes dois celulares tem tudo para ficar bem satisfeito com a qualidade da tela. Ambos os aparelhos contam com display de 6,3 polegadas, com resolução Full HD+ – ou seja, o usuário deverá ter experiência visual realmente boa, com alto nível de detalhes.

A tecnologia utilizada é a IPS LCD, que acaba gastando mais energia do que telas Super AMOLED encontradas em intermediários Samsung, como o Galaxy A50, por exemplo. Nessa linha de comparação, vale dizer que os painéis LCD também entregam contrastes menos intensos e um preto menos profundo (com tom mais acinzentado).

Moto G8 Plus Câmeras Foto: Moto G8 Plus tem câmera tripla traseira. Créditos: Ana Marques/Zoom

Design: visual semelhante e cores chamativas marcam os lançamentos de 2019

O visual do Moto G8 Plus se aproxima bastante daquele apresentado pela linha Motorola One. Há um notch em gota bem discreto na parte superior da tela e um efeito em degradê na tampa traseira. O modelo é encontrado em versões azul safira e cereja.

A “gota” na tela também aparece na parte dianteira do Redmi Note 8, o que não atrapalha muito, já que há um aproveitamento de tela de 90%. É possível encontrar o celular nas cores preta, azul e branca.

Quem comprar um destes celulares pode esperar visual moderno, com bordas bem finas, alinhado ao que é visto em praticamente todos os smartphones intermediários lançados em 2019.

Nenhum dos modelos tem resistência à água e poeira. As dimensões são praticamente as mesmas, assim como o peso, perto de 190 g.

Tela Redmi Note 8 Imagem: Tela do Redmi Note 8 tem 6,3 polegadas. Créditos: Lukmanazis/Shutterstock

Desempenho: com mesmo processador, celulares se diferenciam por memória RAM e otimizações de software

O processador é o mesmo nos dois smartphones: o Snapdragon 665, um chip fabricado em 11 nanômetros lançado pela Qualcomm para dar suporte à câmeras múltiplas de até 48 MP, como é o caso dos modelos deste comparativo. Trata-se de um processador intermediário, suficiente para rodar programas mais pesados com boa velocidade e eficiência energética.

O Moto G8 Plus tem 4 GB de memória RAM (isso ajuda muito na fluidez da navegação) e 64 GB de armazenamento. Já o Redmi Note 8 é vendido em versões de 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento; 4 GB + 64 GB; e 6 GB + 128 GB. Se você quer um desempenho superior, busque pelo menos pela segunda versão.

Há ainda a possibilidade de ampliar a memória interna via cartão microSD. No caso do smartphone Motorola, a memória vai até 512 GB, já o celular Xiaomi pode chegar a 256 GB.

No quesito software, o Moto G8 Plus conta com Android 9 na versão praticamente “pura”, usada tradicionalmente pela Motorola, com poucos apps pré-instalados e que tende a ser mais fluida. Já o Redmi Note 8 tem a MIUI 10, interface da Xiaomi que conta com maiores personalizações.

Moto G8 Plus Android 9 interface tradicionalImagem: Moto G8 Plus tem Android 9 com interface tradicional da Motorola. Créditos: Ana Marques/Zoom

Bateria: empate em capacidade, mas Xiaomi leva a melhor em velocidade de carregamento

Empate! O mercado tem oferecido aparelhos com baterias cada vez maiores e, em especial a partir do segundo semestre de 2019, aparelhos intermediários tendem a ter pelo menos 4.000 mAh. Este é o caso dos dois smartphones desta comparação.

Se você não sabe exatamente o que isso significa, essa capacidade é suficiente para que a bateria não te deixe na mão durante o dia. Em uso normal, ela deve ficar longe das tomadas por um dia e meio ou até mais sem grandes dificuldades.

O Moto G8 Plus conta com a tecnologia TurboPower, que proporciona horas de carga em apenas alguns minutos de carga com carregador de 15 W. O Redmi Note 8, por sua vez, suporta carregamento rápido de 18 W, e deve entregar uma velocidade ligeiramente na recarga.

Redmi Note 8 preço Foto: Redmi Note 8 tem uma ótima relação custo-benefíci. Créditos: Velimir Isaevich/Shutterstock

Preço e custo-benefício: Moto G8 Plus ou Redmi Note 8?

Como você já deve ter notado, ambos os celulares têm tudo para oferecer experiências bem bacanas ao usuário. Além disso, com preços relativamente próximos, a escolha pelo mais barato não deve ser o grande diferencial neste comparativo.

Vale, portanto, ponderar quais são as suas necessidades no dia a dia para decidir qual smartphone tem o melhor custo-benefício para você. Usuários mais ligados em vídeos, deverão encontrar uma opção mais interessante no Moto G8 Plus. No resto, os dois celulares são bastante similares.

Cabe lembrar também que os modelos mais baratos do Redmi Note 8 são versões importadas, que têm limite no que diz respeito à garantia e assistência no Brasil. Veja o nosso guia sobre celulares importados antes de comprar.

Compare os preços do Moto G8 Plus e do Redmi Note 8 no Zoom:

 

 

 

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone