Motorola One Hyper vs One Zoom: quais são as diferenças entre os celulares?

Comparativo detalha a ficha técnica dos celulares Motorola. Descubra qual tem o melhor custo-benefício para você.

Motorola One Hyper vs One Zoom: quais são as diferenças entre os celulares?
Ricardo BergherEditor(a)

Publicado e atualizado 7 min. de leitura.

Motorola One Hyper ou One Zoom? Ambos os smartphones foram lançados em 2019 e integram a linha Motorola One, compartilhando portanto algumas características, como a tela Full HD+, o processador e a capacidade bateria.

A principal diferença entre os celulares fica para o conjunto fotográfico: com câmera quádrupla traseira, o One Zoom promete maior versatilidade; já o One Hyper inova com a câmera frontal “pop-up”, uma solução para aumentar o aproveitamento de tela, e traz sensor principal de 64 MP na parte de trás.

Mas, afinal, qual desses celulares é o melhor para o seu dia a dia? Para te ajudar a responder essa pergunta, montamos um comparativo de ficha técnica entre o One Hyper e o One Zoom. Confira a análise nas linhas a seguir.

Leia também: Melhor celular para selfie em 2020: modelos com câmera frontal boa

a partir de:R$ 1.599,00

a partir de:R$ 2.099,00

Data de lançamento
dezembro de 2019
setembro de 2019
Tamanho da Tela
Total Vision de 6,5" (19:9)
Max Vision de 6,4" (19:9)
Resolução da Tela
Full HD+ (2340 x 1080 pixels)
Full HD+ (2340 x 1080 pixels)
Processador
Snapdragon 675 (octa-core de até 2 GHz)
Snapdragon 675 (octa-core de até 2 GHz)
Memória RAM
4 GB
4 GB
Armazenamento
128 GB
128 GB
Memória expansível
Sim, até 1 TB
Sim, até 1 TB
Câmera traseira
64 MP ( f/1.8) + 8 MP de 118° Ultra-wide
48 MP (f/1.7) + 16 MP (f/1.7) + 8 MP (f/1.7) + 5 MP (f/1.7)
Câmera frontal
32 MP (f/2.0)
25 MP (f/2.0)
Filma em
4K @ 30 fps
4K @ 30 fps
Bateria
4.000 mAh (carregador de 45 W)
4.000 mAh (carregador TurboPower)
Dual chip
Sim
Sim
Acesso à Internet
Sim
Sim
Sistema operacional
Android 10
Android 9 Pie
Leitor de digitais
Sim
Sim
Reconhecimento Facial
Sim
Sim
Carregamento sem fio
Não
Não
Dimensões (A x L x E)
161,8 x 76,6 x 8,9 mm
158,7 x 75 x 8,8 mm
Peso
210 g
190 g
Cores
Azul Oceano, Vermelho Âmbar e Rosa Boreal
Titanium, Bronze e Violet
Ofertas
Ver preçosVer preços

Câmera traseira: “Hiper-resolução” ou mais lentes?

Começando pelo conjunto de câmeras traseiras, o Motorola One Zoom chega com quatro lentes: uma com sensor principal de 48 MP e estabilização óptica (OIS), uma ultra-wide com sensor de 16 MP, uma telefoto com sensor de 8 MP (OIS) e uma de 5 MP para Modo Retrato (profundidade).

Já o Motorola One Hyper tem conjunto mais modesto, em termos de quantidade, com apenas duas lentes traseiras. No entanto, o sensor principal se destaca pela resolução de 64 MP, inédita em smartphones da marca. Segundo a fabricante, ele é capaz de registrar imagens com altíssimo nível de detalhes.

Imagem: Motorola One Zoom tem câmera quádrupla traseira. Créditos: Ana Marques/Zoom
Imagem: Motorola One Zoom tem câmera quádrupla traseira. Créditos: Ana Marques/Zoom

A tecnologia Quad Pixel, que combina quatro pixels em um para aumentar a sensibilidade à luz, está presente em ambos os smartphones, bem como o modo Night Vision, que otimiza as fotografias tiradas no escuro ou à noite.

Usuários que curtem tirar fotos em ambientes variados terão no Motorola One Zoom uma experiência mais completa, já que ele conta com a lente telefoto para zoom óptico de até 3x, sem perda de qualidade.

Se fotos de objetos ou paisagens distantes não são seu foco, a câmera do Motorola One Hyper tende a oferecer a melhor experiência por entregar sensor principal de maior resolução, conseguindo registros mais detalhados.

Câmera frontal: Motorola One Hyper se destaca com maior resolução e mecanismo retrátil

Para selfies, o Motorola One Hyper traz câmera frontal de 32 megapixels (f/2.0), contra 25 MP (f/2.0) do One Zoom. Ambos os modelos contam com tecnologia Quad Pixel também na câmera frontal.

A grande inovação fica por conta do sistema retrátil que faz a câmera se movimentar “para trás” da tela. Desse modo, o display não precisa contar com um notch, como o One Zoom, e ganha maior aproveitamento.

Imagem: Câmera pop-up do Motorola One Hyper com modo selfie ativado. Créditos: Ana Marques/Zoom
Imagem: Câmera pop-up do Motorola One Hyper com modo selfie ativado. Créditos: Ana Marques/Zoom

Design: One Hyper tem melhor aproveitamento de tela

A câmera “pop-up” do One Hyper elimina a necessidade do notch e, assim, sobra mais espaço para a tela. Essa é uma grande vantagem do ponto de vista do design, já que proporciona experiência mais imersiva, ideal para quem curte assistir a vídeos e jogar no celular.

Esse smartphone conta com um sistema de iluminação na parte traseira que se acende no momento em que está sendo carregado ou quando há novas notificações. Se o usuário não quiser luzes piscando, pode configurar o funcionamento deste sistema a partir das configurações do Android.

O One Zoom, por outro lado, conta com leitor de digitais sob a tela (no One Hyper ele fica na traseira), o que facilita o desbloqueio quando o celular sobre uma mesa ou preso em um suporte, no carro, por exemplo.

As opções de cores são Azul Oceano, Vermelho Âmbar e Rosa Boreal para o One Hyper; já o Motorola One Zoom é vendido nas versões Titanium, Violet e Bronze.

Imagem: Motorola One Zoom nas cores Bronze e Violet. Créditos: Ana Marques/Zoom
Imagem: Motorola One Zoom nas cores Bronze e Violet. Créditos: Ana Marques/Zoom

Tela: One Zoom leva vantagem com a tecnologia OLED

A tecnologia OLED proporciona imagens com cores vivas e contrastes profundos. Ela é utilizada no Motorola One Zoom – que foge à regra dos demais celulares da família Motorola One. O One Hyper, por sua vez, tem display IPS LCD, que é menos econômico do que o OLED e tem um preto mais puxado para o cinza.

A resolução, em ambos os casos, é Full HD+ (2340 x 1080 pixels), que entrega imagens com alto nível de detalhes. O One Hyper tem painel de 6,5 polegadas, e o One Zoom tem praticamente o mesmo tamanho: 6,4 polegadas. Os dois celulares têm o formato 19:9, que é mais largo do que o 21:9 visto no One Vision e no One Action.

Imagem: Tela do Motorola One Zoom é OLED. Créditos: Ana Marques/Zoom
Imagem: Tela do Motorola One Zoom é OLED. Créditos: Ana Marques/Zoom

Memória não é problema nestes smartphones

Pense bem: se você fosse um engenheiro e estivesse criando smartphones que têm como público-alvo amantes de fotos e vídeos, certamente colocaria bastante memória para guardar todas as imagens feitas com a câmera do aparelho, certo? A Motorola acertou nesse ponto.

Ambos os modelos deste comparativo têm 128 GB de armazenamento, o que já é um espaço de memória bem satisfatório. Há ainda a possibilidade de expansão em até 1 TB via cartão microSD.

Desempenho intermediário premium

O processador também é o mesmo nos dois celulares: o Qualcomm Snapdragon 675, um chip octa-core com velocidade máxima de 2 GHz. Ele trabalha em conjunto com memória RAM de 4 GB. Essas especificações devem oferecer fluidez em navegação e velocidade na execução de tarefas.

A experiência com jogos também promete agradar, já que os smartphones são capazes de rodar títulos pesados, como PUBG Mobile e Free Fire, sem problemas.

Uma diferença entre eles é o sistema operacional de fábrica. O One Zoom, lançado em setembro, traz ainda o Android 9.0 Pie. Já o One Hyper, lançado em novembro, já sai da caixa com o novo Android 10.

Bateria: One Hyper vence em velocidade de carregamento

O Motorola One Hyper e o One Zoom empatam em capacidade de bateria: ambos contam com 4.000 mAh. A diferença é que o primeiro tem a possibilidade de carregamento mais rápido, já que ele vem com o carregador Hyper, que oferece até 12 horas de uso após ser conectado por 10 minutos na tomada.

O One Zoom também conta com carregamento rápido, proporcionado pelo o carregador TurboPower. O recurso promete 7 horas de uso após apenas 15 minutos de carga. Um pouco mais lento que o Hyper, mas ainda bastante satisfatório para a maioria dos consumidores comuns.

Imagem: Uso da bateria no Motorola One Hyper. Créditos: Ana Marques/Zoom
Imagem: Uso da bateria no Motorola One Hyper. Créditos: Ana Marques/Zoom

Preço e custo-benefício: qual é o smartphone ideal para você?

Definir qual é o melhor celular entre One Hyper e One Zoom é uma tarefa complicada. Se por um lado o One Hyper tem uma câmera principal com 64 MP, por outro as quatro câmeras do One Zoom entregam maior versatilidade. O primeiro tem maior aproveitamento de tela por não ter o notch, o segundo tem uma tecnologia superior de display, que consome menos bateria.

Ou seja, podemos considerar um empate na questão das fichas técnicas, mas aí entram outros fatores importantes: o preço e a sua necessidade.

O One Hyper é um lançamento mais recente e, por isso, ainda tem preço um pouco mais alto. Se você quer economizar e não liga tanto para uma tela com maior aproveitamento e carregamento “hiper-rápido”, escolha o One Zoom.

Compare os preços do Motorola One Hyper e Motorola One Zoom:

Leia também: