Melhor skate de 2022: modelos e dicas para comprar

Street, longboard ou cruiser? Entenda as diferenças entre os tipos de skate e saiba como escolher o seu

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 6 min. de leitura.

Compartilhe:

O estímulo para praticar um esporte pode vir de casa, da rua ou de um ídolo que apareça na TV. Desde a performance do skate nas Olimpíadas de Tóquio 2020, o objeto de trabalho de nomes como Bob Burnquist, Tony Hawk e Rayssa Leal, a fadinha, começou a se tornar ainda mais um item de desejo entre crianças, adolescentes e adultos. Seja para fugir do trânsito, passear pela cidade ou realizar manobras radicais nas ruas ou em pistas, o skate é um acessório para quem quer se aventurar por aí.

Street, longboard, cruiser, infantil... Muitas são as dúvidas quando o assunto é escolher um skate para os momentos de aventura. Na hora de comprar o seu, é importante prestar atenção em pontos como a modalidade que será praticada, o material do shape, o tipo das rodas e a classificação do rolamento. Não entendeu nada? A gente explica! Confira abaixo:

Prefere um skate overboard? Então veja aqui a lista dos melhores modelos para comprar!

Skate: como escolher o ideal?

Entenda mais sobre cada tipo de skate e veja a nossa seleção dos melhores de 2022! (Imagem: Divulgação/Shutterstock)
Entenda mais sobre cada tipo de skate e veja a nossa seleção dos melhores de 2022! (Imagem: Divulgação/Shutterstock)

Street, longboard ou cruiser? Para escolher o melhor skate, é essencial levar em consideração pontos como a modalidade, o shape, as rodas e os rolamentos. A seguir, preparamos algumas dicas para você que quer comprar um skate sem medo. Veja agora:

Shape

O shape é a "prancha" do skate. Ele pode ser de madeira, mais resistente, ou até mesmo de plástico, mais leve e fácil de carregar. O shape de maneira é mais comum em skates street ou longboard. Já o de plástico pode ser visto em skates do tipo cruiser, com cores vivas e poucos grafismos.

Quem quer usar o skate apenas para deslocamento pode optar por um shape de plástico, já que não irá utilizá-lo para fazer manobras. No entanto, caso você opte por durabilidade e resistência, um shape de madeira é o ideal.

No caso de um skate street, as lixas adesivas grudadas na superfície do shape vão entregar aderência aos pés do skatista. As lixas variam conforme a granulação, podendo ser mais finas ou mais grossas, e substituídas se desgastadas.

Sobre o tamanho, o ideal é que o shape tenha a largura proporcional ao tamanho do seu tênis. Skatistas que gostam de realizar manobras preferem um skate que seja um pouco mais estreito. Já os skates mais largos são ótimos para transporte, pois as plataformas são mais estáveis. Mas, não existe regra padrão, não!

Trucks

O truck é o eixo responsável por encaixar as rodas, rolamentos e amortecedores. Ele está localizado na parte inferior do skate, girando de acordo com o peso do skatista sobre o skate. É o truck que permite que você faça manobras, por exemplo.

Seu tamanho varia conforme o tamanho do shape. No entanto, a altura é um fator a se considerar. Um truck mais baixo entrega mais estabilidade; o médio é ideal para street; e o alto é melhor para longboard.

Rodas

As rodas são classificadas de acordo com uma escala chamada "Durometer A", que identificam a dureza. Entre 75A e 90A estão os skates mais macios, indicados para uso em cidades, pois absorvem as irregularidades do solo. Já acima de 95A estão os modelos para quem busca velocidade, sendo ótimos para manobras.

Quanto maior a roda, mais rápida e, consequentemente, mais adaptável a superfícies irregulares ela é. Os tamanhos variam de 50mm a 70mm, sendo que os tamanhos menores são mais estáveis, melhores para manobras superfícies planas. As rodas com mais de 60mm costumam ser as de skates longboard.

Rolamentos

Os rolamentos possibilitam o funcionamento das rodas. Eles são classificados em uma escala de 1 a 11 pelo Comitê de Engenharia de Rolamentos Anulares (ABEC). Quanto mais alto o ABEC, mais preciso é o rolamento. No entanto, rolamentos menos precisos também entregam bons desempenhos.

Skate Street

O skate street é um tipo de skate para quem busca fazer manobras. É o mesmo tipo que é usado pelos atletas nas disputas do Park e do Street nas Olimpíadas de Tóquio. Eles possuem abas arredondadas nas pontas para ajudar os praticantes a saltarem.

1. Mormaii Alpha

Mormaii Alpha (Imagem: Divulgação/Mormaii)
Mormaii Alpha (Imagem: Divulgação/Mormaii)

O skate Mormaii Alpha é um skate street com lixa antiderrapante para dar aderência e estabilidade nas manobras, rodas de 52mm e rolamentos ABEC 5 de aço carbono. Ele foi desenvolvido para manobras de rua e rampas com pequenas inclinações.

2. Solo Decks Cisco Skull

Solo Decks Cisco Skull (Imagem: Divulgação/Solo Decks)
Solo Decks Cisco Skull (Imagem: Divulgação/Solo Decks)

O skate Solo Decks Cisco Full é um skate completo para aqueles que querem praticar manobras. Ele é o skate ideal para quem já anda ou quer se profissionalizar no esporte. O modelo possui amortecedores, rodas de 53mm, rolamentos ABEC 7, é leve, resistente e com ótimo acabamento.

Skate Longboard

O skate longboard não possui abas. Seu design é aerodinâmico e prioriza o ganho de velocidade, além de apresentar uma flexibilidade para execução de curvas. Os modelos costumam ser mais compridos que os outros (daí o nome "long", do inglês, "longo").

1. Atom Pintail

Atom Pintail (Imagem: Divulgação/Atom)
Atom Pintail (Imagem: Divulgação/Atom)

O Atom Pintail é um skate longboard de entrada, com um preço em conta. Sua forma tradicional de pinos ajuda na estabilidade. Esse skate para inciantes é ótimo para fazer curvas fechadas, além de ser resistente, com shape confeccionado em madeira. Com rolamentos ABEC 5, as rodas têm diâmetro de 65mm.

2. Red Nose Bel Fix

O Red Nose Bel Fix é um skate longboard para fãs de aventuras na cidade. Ele possui lixa antiderrapante, rodas de 70mm e rolamentos ABEC 7 de aço cromado e truck em alumínio resistente.

Skate Cruiser

O skate cruiser é como se fosse um longboard, porém mais curto. Ele é um skate reto, que serve para passeios. É melhor para locomoção do que para manobras.

1. Super Fat Cruiser

O skate cruiser Super Fat Cruiser é uma opção que oferece boa durabilidade, por ser confeccionado com 8 lâminas de madeira. Com rolamentos ABEC 3, o modelo é considerado mais largo do que os tradicionais skates tipo cruisers - inclusive, os usuários costumam falar que, por conta dessa característica, ele ajuda a dar mais mobilidade aos pés.

2. Mormaii Fishtail

O skate cruiser Mormaii Fishtail é ideal para manobras semiprofissionais. O modelo é leve, compacto e a estrutura é resistente. Ele possui lixa antiderrapante, rolamentos ABEC 7 de aço carbono e suporta até 100kg.

Skate Infantil

O skate infantil é para os pequenos que querem se aventurar no esporte. Quanto maior a largura da "prancha" (shape), maior a estabilidade. Neste caso, pode ser legal investir em um shape mais largo para que a criança possa aprender com mais facilidade.

1. Skate infantil Sapo Mor

Já que esporte e diversão podem ajudar juntos, nada melhor do que incentivar a prática do skate, né? Neste sentido, o skate da Sapo Mor pode mostrar que essa atividade é prazerosa. O kit acompanha capacete, cotoveleiras e joelheiras para deixar a prática mais segura - e a fabricante indica o uso a partir de 3 anos, no mínimo.