Entenda antes de comprar em Vinho

Como escolher vinho

Saiba como começar a escolher o vinho perfeito para cada ocasião

como escolher um vinho

Com tantos rótulos e detalhes, escolher o vinho certo pode parecer um desafio.

Em primeiro lugar, vale notar que a preferência por um ou outro tipo de vinho é sempre pessoal, já que o principal é que a bebida agrade ao seu paladar.

Mas algumas dicas podem te ajudar a acertar na hora de comprar o vinho certo e saber quais rótulos você quer conhecer.

Veja algumas dicas fáceis sobre como escolher vinho.

Como escolher o vinho por tipo de uvas

Cada tipo de vinho é feito com uma casta de uva diferente, que vai ser um dos pontos principais do seu sabor. Pode ser que as primeiras compras sejam baseadas na "tentativa e erro", mas, depois que você descobrir qual uva faz os vinhos que você prefere, fica mais fácil acertar.


Vinhos tintos

  • Cabernet Sauvignon - É um dos vinhos mais fáceis de encontrar. Tem sabor mais encorpado.
  • Merlot - Faz vinhos mais macios a aveludados
  • Malbec - Costuma ter um leve toque de especiarias e sabor mais aromático
  • Carmenére - São vinhos mais encorpados, com aromas frutados e taninos marcantes
  • Pinot Noir - Faz alguns do vinhos tintos mais leves e suaves encontrados
  • Syrah - Também um pouco mais leve, com sabor frutado e com aromas de especiarias

 

Vinhos brancos

  • Chardonnay - Também é uma das castas mais populares, com vinhos frutados, frescos e com aroma que lembra frutas tropicais
  • Sauvignon Blanc - Sabor mais ácido e herbáceo
  • Riesling - Sabor mais delicado e aromático
  • Vitrine: https://www.zoom.com.br/vinho/chardonnay

 

Vinhos rosé

  • Normalmente são feitos com mais de um tipo de uva

País de origem

Tão importante quanto conhecer as castas das uvas, é saber em quais países elas são melhor cultivadas, o que também influencia no sabor e na qualidade do vinho. Ao escolher o vinho, vale reparar nas castas mais representativas de cada país, como alguns dos exemplos seguintes:

 

  • Argentina - Malbec, Cabernet Sauvignon, Syrah e Bonarda
  • Chile - Carmenére (especialidade de produção vinícola do país), Cabernet Sauvignon, Syrah, Malbec, Pinot Noir, Merlot e Sauvignon Blanc.
  • Uruguai - Tannat (a mais popular do país), Chadornnay e Syrah
  • Brasil - Cabernet Sauvignon, Chardonnay, Merlot e Pinot Noir.
  • França - Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc, Chardonnay, Sauvignon Blanc e Pinot Noir.
  • Portugal - Albariño, Baga, Touriga Nacional e Tinta Roriz.
  • Itália - Merlot, Cabernet Sauvignon, Chiantis e Brunellos.
  • Espanha - Tempranillo, Verdejo, Viura e Sauvignon Blanc.
  • África do Sul - Pinotage e Syrah
  • Nova Zelândia - Sauvignon Blanc, Chardonnay, Pinot Noir
  • Estados Unidos - Sauvignon Blanc, Chardonnay, Merlot, Cabernet Sauvignon
  • Austrália - Chardonnay, Cabernet Sauvignon

Informações do rótulo do vinho

Outras informações contidas nos rótulos dos vinhos também podem ajudar na hora da escolha.

 

  • Denominação de origem - É um tipo de "selo de garantia" de instituições de cada país produtor que indicam que aquela bebida respeitou uma série de regras em seu processo de produção e armazenamento.
  • Maturação e envelhecimento - Alguns vinhos têm os selos "Riserva", "Reserva" e "Gran Reserva", que indicam procedimentos especiais no plantio, colheita, vinificação, armazenamento e envelhecimento (Não confundir com "Reservado", que não tem o mesmo significado).
  • Graduação alcoólica - Quanto mais alta for a graduação alcoólica, maior o tempo de duração do vinho, além de indicar um sabor mais quente e forte da bebida.

Detalhes da garrafa

Também é importante observar o estado geral da garrafa, como o estado de conservação e o nivelamento da rolha e bebidas com cores translúcidas e vivas.

Como escolher o vinho de acordo com a ocasião

Com tantos sabores e detalhes diferentes, não é de espantar que cada tipo de vinho combine melhor com diferente ocasiões.

Dias mais quentes, pedem bebidas mais leves e refrescantes, como vinho branco, espumante ou rosé. Já dias frios combinam bem com vinho tinto.

Outro detalhe legal é a harmonização. Vinhos tintos combinam com carnes vermelhas e massas, enquanto vinho branco cai bem com carnes brancas, molhos mais suaves e frutos do mar.


Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!