Zoom indica em Celular e Smartphone

Moto G7 Power vs Motorola One: qual celular tem a melhor ficha técnica?

Comparativo detalha as especificações dos smartphones intermediários da Motorola.

Celular
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

O Moto G7 Power e o Motorola One são dois celulares da Motorola que estão com preço na faixa dos R$ 1,2 mil. Com ficha técnica intermediária, os smartphones têm diferenças que vão além do design, apesar de apresentarem o notch na tela como um ponto em comum.

A seguir, veja o comparativo entre o Moto G7 Power e o Motorola One e descubra qual é o melhor celular para o seu dia a dia. Bateria, câmera dupla, Android One e armazenamento são algumas das questões centrais da análise. Dá uma olhada!

 

Motorola OneMotorola OneMoto G7 PowerMoto G7 Power
Data de lançamento
Outubro de 2018 Fevereiro de 2019
Tamanho da Tela
5,9 polegadas LCD (19:9) IPS 6,2 polegadas Max Vision (19:9) IPS
Resolução da Tela
HD+ (1520 × 720 pixels) HD+ (1570 × 720 pixels)
Processador
Qualcomm Snapdragon 625 octa-core de até 2,0 GHz Qualcomm Snapdragon 632 octa-core de até 1,8 GHz
Memória RAM
4 GB 3 GB
Armazenamento
64 GB 32 GB
Memória expansível
Sim Sim
Câmera traseira
Dupla 13 MP (f/2.0) + 2 (f/2.4) 12 MP (f/2.0)
Câmera frontal
8 MP (f/2.0) 8 MP (f/2.0)
Bateria
3.000 mAh 5.000 mAh
Dual chip
Sim Sim
Sistema operacional
Android One 8.1.0, Oreo, com atualização para o Android One 9 Pie Android 9.0 Pie
Leitor de digitais
Sim Sim
TV Digital
Não Sim
Dimensões
149,5 x 72,2 x 7,97 mm 159,4 x 76 x 9,3 mm
Peso
160 g 193 g
Cores
Black e White Azul Navy (azul escuro) e Lilac (lilás)
Ver ofertas Ver ofertas

Cores mais vibrantes chamam atenção no Moto G7 Power

Em 2019, a Motorola decidiu dar uma repaginada na família Moto G. O novo membro, G7 Power, conta com duas opções de cores: o Azul Navy (azul escuro) e a Lilac (lilás). Porém, por enquanto somente o Navy está disponível, a segunda cor tem previsão de ser comercializada até o Dia das Mães 2019. Já o Motorola One tem cores mais sóbrias, ficando no básico preto e branco.

A traseira desses smartphones também traz diferenças: o Moto G7 Power segue com o anel que envolve a câmera, característica da marca já vista em gerações anteriores, desde o Moto G5. Dessa vez, o círculo está menos saltado, mas a disposição da câmera dupla (vertical) do Motorola One é mais elegante, lembrando a carcaça do iPhone X.

O revestimento é em vidro no Moto One, enquanto o G7 Power é feito em plástico com uma aparência que lembra vidro. Outra diferença que chama atenção entre eles é nas dimensões. O modelo Power é bem mais espesso e pesado por abrigar uma bateria de 5.000 mAh. Se você quer um celular que caiba no bolso, no sentido literal da expressão, é melhor optar pelo Moto One.

Moto G7 PowerMoto G7 Power na cor Lilac (lilás) - Foto: Ana Marques/Zoom

Notch e resolução abaixo da média são características em comum

O notch, que é o entalhe feito para abrigar os sensores e a câmera frontal é um assunto que causa bastante polêmica, mas está presente nos dois aparelhos (no formato retangular, que lembra um bigode).

Na tela também temos uma diferença de tamanho, sendo 5,9 polegadas para o One e 6,2 polegadas para o G7 Power, e ambos apresentam resolução HD+. Na prática, é possível que você se depare com imagens pouco nítidas ou com aqueles serrilhados incômodos para os mais exigentes, já que a densidade de pixels é inferior a 300 ppi (quantidade considerada ideal para uma melhor experiência visual).

Motorola OneTela do Motorola One com notch retangular - Foto: Zoom

Câmera dupla do Motorola One tem os melhores resultados em Modo Retrato

No quesito fotografia, nenhum dos modelos desse comparativo oferece o melhor dos mundos. No entanto, o Motorola One sai na frente com câmera dupla de 13 MP + 2 MP e aberturas de lente f/2.0 e f/2.4, respectivamente.

Esse conjunto possibilita ao usuário fazer fotos melhores com o Modo Retrato, resultando em recortes mais precisos do que os feitos no Moto G7 Power (que utiliza software para criar efeito de fundo desfocado).

Ao falar de selfies, o One também leva a melhor por trazer maior abertura de lente do que o G7 Power, o que permite tirar fotos com menos ruídos em ambientes onde a luz não está em condições ideais.

Motorola OneMotorola One tem câmera dupla traseira - Foto: Zoom

Motorola One promete atualizações mais rápidas com o Android One

O Motorola One inovou ao ser o primeiro smartphone no Brasil a integrar o sistema operacional Android One, desenvolvido pelo Google. Essa versão do sistema é ainda mais pura do que a encontrada na maioria dos modelos da Motorola. Na prática isso quer dizer que ele não vem com diversos aplicativos desnecessários, deixando o usuário livre para acessar a Play Store e baixar o que realmente precisa, e também deve receber atualizações com maior frequência (ele saiu de fábrica na versão 8.0 Oreo, mas recebeu o Android 9 ainda em 2018).

Por sua vez, o Moto G7 Power já chega ao mercado com o Android 9 Pie, que conta com algumas novidades interessantes como a navegação em gestos, que é a principal experiência desse sistema, e também a bateria adaptativa, que aprende quais apps você mais usa para otimizar o consumo de energia.

Moto G7 Power tem processador mais recente e econômico

O grande calcanhar de Aquiles no One é o seu chipset antigo, que já era defasado até mesmo quando ele foi lançado. O modelo apresenta o Snapdragon 625 de oito núcleos de até 2,0 GHz, enquanto o G7 utiliza o Snapdragon 632, também octa-core, de até 1,8 GHz.

Traduzindo: o processador do Moto G7 Power é, na verdade, uma atualização do chip presente no Motorola One. Por isso, ele confere maior desempenho (melhoria de até 40%, segundo a Qualcomm) e tem um consumo menor de energia.

Moto G7 PowerMoto G7 Power rodando o jogo PUBG Mobile - Foto: Ana Marques/Zoom

Já para segurar apps ativos em segundo plano, o One deve ser mais indicado por conta da memória RAM de 4 GB. No armazenamento, o Moto One também pontua com 64 GB (quantidade respeitável para um smartphone intermediário), contra 32 GB do Moto G7 Power.

Na bateria, não tem pra ninguém: Moto G7 Power ganha com folga

Como o próprio nome sugere, o G7 Power tem foco em autonomia de bateria. Com capacidade de carga para até 5.000 mAh, ele aguenta até dois dias de uso longe das tomadas.

Ficar pelos corredores da faculdade procurando tomada ou brigando com o companheiro de mesa ao lado para conectar o celular na energia para carga? Esqueça! Esse é o smartphone desenvolvido para quem quer se ver livre da preocupação de carregar seu aparelho toda hora.

O One tem uma bateria de 3.000 mAh e com uso moderado chega a um dia inteiro de uso, porém, fica bem atrás do Moto G7 Power.

Os dois modelos contam com carregamento rápido TurboPower.

Moto G7 Power tem TV Digital

Outro destaque do Moto G7 Power é a TV Digital integrada que permite assistir à programação da TV aberta sem consumir dados de internet móvel.

Assim, você pode acompanhar sua novela ou jornal preferido, além de nunca perder uma partida do time do coração.

Afinal, Moto G7 Power ou Motorola One? Qual é o melhor celular para você?

Os dois modelos fazem parte da linha de smartphones intermediários, porém, têm objetivos diferentes. Se você é o tipo de pessoa que fica longas horas fora de casa e nem sempre tem como carregar o seu celular e também não quer se privar de utilizá-lo para economizar bateria, sem dúvidas o G7 Power é a escolha.

Agora se você não se preocupa tanto com autonomia de bateria e quer um celular com câmeras um pouco melhores, além de um visual mais sóbrio e elegante, o Motorola One irá te atender melhor.

Confira as melhores ofertas para o Moto G7 Power  e o Motorola One no Zoom:

 

Dê um Zoom no Review em 1 Minuto do Motorola One e do Moto G7 Power:

 

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone