Zoom indica em Celular e Smartphone

Xiaomi Mi 8 Lite vs iPhone X: qual celular com notch vale mais a pena?

Tela com notch, câmera dupla e navegação por gestos estão entre as semelhanças dos smartphones.

Xiaomi Mi 8 Lite vs iPhone X
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Os smartphones Xiaomi despertam a curiosidade, e o interesse, por seus recursos e faixas de preço que costumam ser mais baixas do que modelos similares de outras marcas. E é possível perceber que, para isso, a fabricante chinesa lança mão de uma clara inspiração nas tendências popularizadas pela Apple.

O Xiaomi Mi 8 e o Xiaomi Mi 8 Lite, por exemplo, são bem parecidos, pelo menos visualmente, com os modelos mais recentes da marca da maçã, como iPhone XR, iPhone XS e iPhone XS Max, e, por consequência, com o iPhone X, que deu o tom do recursos e visuais da geração seguinte.

Mas será que o Xiaomi Mi 8 Lite, intermediário premium da marca lançado em 2018, consegue bater o iPhone X, de 2017, em uma briga direta? Descubra quem leva a melhor na nossa comparação:

Xiaomi Mi 8 LiteXiaomi Mi 8 LiteiPhone XiPhone X
Tela
6,26 polegadas Full HD+ (2280 x 1080 pixels) 19:9 6,2 polegadas Full HD+ (2436 x 1125 pixels) 19,5:9
Processador
Qualcomm Snapdragon 660 (Octa-core Até 2,2 GHz) Apple A11 Bionic (Hexa-core)
Memória RAM
4 GB ou 6 GB 3 GB
Armazenamento
64 GB ou 128 GB 64 GB ou 256 GB
Aceita cartão de memória
Sim (Entrada Híbrida) Não
Conectividade
4G, 3G, Wi-Fi e Bluetooth 5.0 4G, 3G, Wi-Fi, Bluetooth 5.0 e NFC
Dual chip
Sim Não
Leitor de impressões digitais
Sim Não
Reconhecimento facial
Não Sim
Proteção contra água e poeira
Não Sim (IP67)
Câmera traseira
Dupla: 12 MP (f/1.9) + 5 MP Dupla: 12 MP (f/1.8) + 12 MP
Câmera frontal
24 MP (f/2.0) 7 MP (f/2.2)
Filma em
4K @ 30 fps 4K @ 60 fps
Bateria
3.350 mAh 2.716 mAh
Dimensões (altura x largura x espessura)
156,4 x 75,8 x 7,5 mm 143,6 x 70,9 x 7,7 mm
Peso
169 gramas 174 gramas
Sistema operacional de fábrica
Android 8 Oreo + MIUI iOS 11
Ver ofertas Ver ofertas

Apple A11 Bionic é o melhor processador

iPhone X A11 Bionic

O Qualcomm Snapdragon 660, octa-core de 2,2GHz usado no Xiaomi Mi 8 Lite, não é um processador fraco. Muito pelo contrário, ele não deve ter problemas em abrir aplicativos mais pesados, como editores de vídeo ou até alguns games.

Além disso, o Mi 8 Lite chegou em duas versões, com RAM de 4GB e 64GB de armazenamento, o que já confere em bom desempenho, e com RAM de 6GB e armazenamento de 128GB, que coloca o modelo próximo dos tops de linha.

Mas o iPhone X, mesmo sem ser o modelo mais recente da Apple, ainda aparece como um dos melhores smartphones do mercado, inclusive em relação ao processamento, com o chip Apple A11 Bionic (que deu lugar a uma versão mais evoluída nos modelos de 2018).

A RAM de 3GB pode parecer um ponto fraco, mas essa base de comparação não se aplica muito aos iPhones, já que os aparelhos têm software e hardware desenvolvidos em conjunto, em busca da melhor integração e desempenho. E nesse ponto do desempenho, principalmente em games pesados ou aplicativos mais exigentes, vai ser superior ao modelo da Xiaomi.

Também são duas versões disponíveis do iPhone X, mas só o que muda é o espaço de armazenamento, de 64GB ou 256GB. Pois é, ficou faltando uma opção no meio do caminho.

Como sempre, o modelo da Apple não tem entrada para segundo chip ou cartão de memória. No Xiaomi Mi 8 Lite, você tem um segundo slot do tipo entrada híbrida, ou seja, é possível usar um segundo chip ou um cartão de memória, mas não ao mesmo tempo.

iOS vs Android 8 (Oreo) modificado

Xiaomi Mi 8 Lite Android

O iOS, sistema operacional da Apple, dispensa apresentações, já que evoluiu junto com todas as gerações lançadas pela marca e é conhecido por algumas vantagens como sistemas de gerenciamento intuitivos e aplicativos próprios bem desenvolvidos. O iPhone X foi lançado com o iOS11, que também ganhou sistema de navegação por gestos. Atualmente, já é possível fazer uma atualização para o iOS12.

Essa não foi a única novidade que chegou com o iPhone X e apareceu nos modelos seguintes. A Apple aumentou a tela e tirou o famoso Botão Home da frente do aparelho. O desbloqueio fica por conta do bem desenvolvido sistema de reconhecimento facial Face ID, que faz um mapeamento 3D do rosto,  a navegação foi para os gestos de tela.

Embora rode o sistema operacional Android 8 (Oreo), o Xiaomi Mi 8 Lite tem a interface MIUI, exclusiva da marca, em versão 9.6. Tem quem não goste muito do visual que isso confere ao aparelho, que acaba ficando mais longe do Android original, e até se aproxima do iOS.

Mas tem lá suas vantagens, como a própria navegação por gestos, configurável no sistema do smartphone. Mas o modelo não tem sistema de reconhecimento facial, só o bom e velho leitor de impressões digitais.

Tela do iPhone X é menor, mas ganha em resolução

Outra novidade do iPhone X foi seu design de tela. Como dissemos, o smartphone abriu mão do Botão Home e investiu no visor de 5,8”, que ocupa boa parte da frente do aparelho.

Para isso, ele também trouxe o polêmico notch de tela, um entalhe na parte superior que abriga sensores como câmera frontal e alto-falante. Assim, a tela ganhou formato amplo, de 19,5:9, que permite exibição de cenas sem cortes laterais e favorece a imersão em filmes, vídeos e games.

A qualidade de imagem do iPhone X é indiscutível, com definição Full HD+ de 2436x1125 pixels e 458 pixels por polegada. Junto a outras tecnologias de imagem, como HDR e TrueTone, o smartphone Apple garante altíssima definição, com cores, contrastes e detalhes de alto nível.

Xiaomi Mi 8 Lite Tela

O notch também aparece na tela do Xiaomi Mi 8 Lite, que é maior, com 6,26 polegadas, e tem resolução de 2280x1080 pixels, também classificada como Full HD+, mas abaixo do que é visto no iPhone X. Com isso, a tela ficou com 403 pixels por polegada e também tem formato amplo de 19:9.

A experiência de exibição de conteúdos audiovisuais vai além do satisfatório, com resultados realmente bem legais. Mas, mais uma vez, não chega no mesmo nível do iPhone X.   

As semelhanças seguem para as traseiras dos celulares, já que os dois aparelhos apostaram em construção em vidro. O visual, no fim das contas, é bem parecido.

Câmera dupla aparece no iPhone X e no Xiaomi Mi 8 Lite

O iPhone X foi um dos maiores responsáveis pela tendência da câmera dupla nos smartphones. O Modo Retrato, com fundo desfocado, foi um dos grandes destaques do modelos e se espalhou por smartphones de diferentes categorias de várias fabricantes.

E, até agora, apenas outros modelos tops de linha alcançaram o mesmo nível das câmeras do smartphone. Então, não é uma surpresa que o modelo da Apple também leve a melhor nesse ponto.

São duas lentes de 12MP, com abertura focal f/1.8 e muitos recursos de imagem. O iPhone X pode fazer ótimas fotos, seja no Modo Retrato ou em diferentes condições de luz, desde espaços abertos bem iluminados até as fotos noturnas e em ambientes de pouca luz. Pode esperar por boas definições de cores, sombras, contrastes e detalhes.

Se precisar de uma ajudinha, o flash oferece uma iluminação extra com resultados mais naturais. Seus vídeos podem ser gravados em 4K a 60 quadros por segundo ou em modo câmera lenta, com definição Full HD.

A câmera frontal é a velha conhecida dos iPhones, com 7MP, e continua fazendo selfies com bom resultado. Mas ela ganha melhores resultados com o sistema Face ID, que permite até o uso do Modo Retrato com a câmera frontal do aparelho.

Além disso, o mapeamento e reconhecimento facial também trabalha na criação dos Animojis e Memojis, stickers animados que reproduzem as suas expressões faciais e podem ser usados em mensagens de textos, fotos e vídeos. Não é indispensável, mas é divertido.

As fotos boas também estão entre as vantagens do Xiaomi Mi 8 Lite. Seu conjunto formado por lentes de 12MP, com abertura de f/1.9 e 5MP também trabalha direitinho em diferentes condições de luz, garantem resultados muito bons em espaços abertos e bem iluminados e não decepcionam nos cliques noturnos ou no uso do Modo Retrato.

A câmera aproveita bem alguns recursos de Inteligência Artificial que ajudam a conseguir e melhor foto, e os vídeos também podem ser gravados em 4K, mas @ 30 quadros por segundo, ou câmera lenta. Da mesma forma, a câmera frontal de 24MP faz selfies com bons níveis de definição.

Xiaomi Mi 8 Lite Câmera

Dois smartphones compatíveis com carregamento rápido

Na teoria, os 3.350mAh do Xiaomi Mi 8 Lite parecem muito superiores aos 2.716mAh do iPhone X. Mas, na prática, não é bem assim, pois voltamos ao papo da integração entre software e hardware da Apple.

Na verdade, os dois aparelhos apresentam duração de bateria bem parecidos e, com uso parcial em atividades de maior gasto de energia, como vídeos e games, devem aguentar um dia inteiro sem problemas.

Os modelos também são compatíveis com sistemas de carregamento rápido, que permite recuperação de cerca de 50% da carga em 30 minutos no Xiaomi, e cerca de 45% no celular da Apple, no mesmo tempo. Mas, nos dois casos, é preciso comprar o acessório separadamente. Sem ele, o iPhone X carrega cerca de 20% em 30 minutos, e o Mi 8 Lite alcança mais ou menos 36% no mesmo tempo.

Já a compatibilidade com carregamento sem fio só é vista no iPhone X, mas, claro, o acessório também representa um custo extra.

Xiaomi e garantia no Brasil

Xiaomi Mi 8 Lite Ficha Técnica

A Apple é bem conhecida por seu serviço de garantia e assistência técnica, que também estão disponíveis no Brasil.

Por outro lado, a Xiaomi não tem representação oficial no país, apesar de estar voltando timidamente ao país. Seus aparelhos são importados pelas lojas e revendidos. Por isso, eles não contam com garantia ou assistência no Brasil, caso você tenha algum problema com o Mi 8 Lite após a compra.

Uma alternativa é adquirir as garantias oferecidas pelas lojas, mas nesse caso vale conferir as condições oferecidas no momento da compra.

iPhone X é o melhor, mas isso não quer dizer que o Xiaomi Mi 8 Lite não é uma boa opção

Indicar qual o melhor celular não fica difícil depois dessa comparação. O iPhone X garante desempenho mais poderoso, tela de melhor qualidade de imagem e até as melhores câmeras. Sem dúvidas, esse ainda é um dos melhores smartphones tops de linha disponíveis no Brasil, e não deve perder esse posto tão cedo, mesmo com a chegada de mais uma geração da Apple. Mas isso tem um preço e, no caso do iPhone X, ele não é nada baixo.

É nesse ponto que entra o Xiaomi Mi 8 Lite. Embora muitas vezes não apresente os mesmos resultados do iPhone X, esse celular intermediário premium tem recursos bem interessantes e custo consideravelmente mais baixo.

Mesmo a versão mais simples, vai dar conta de rodar a maior parte dos aplicativos para Android com bom desempenho. E, se você quiser garantir o bom processamento em games pesados, pode investir na versão turbinada. Suas câmeras podem fazer fotos bem legais e a qualidade de imagem não decepciona.

Compare os preços:

 

 

 

 

Leia também:

Confira as nossas análises em vídeo:

 

 

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone