Apple M1 vs Intel Core: comparativo entre os MacBooks Pro 13 de 2020

Confira o comparativo entre os modelos do MacBook Pro 13 com chip Apple M1 e processador Intel Core i5

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 6 min. de leitura.

Compartilhe:

A Apple anunciou os primeiros MacBook Pro equipados com o seu chip de fabricação própria, o Apple M1. Esses computadores prometem ter um grande salto em desempenho e eficiência energética quando comparados aos MacBooks mais potentes equipados com processadores da Intel.

Em comparação aos MacBooks 2020 com Intel, o MacBook Pro com chip M1 tem muitas similaridades. Design, tela, teclado e touchpad foram mantidos, por exemplo. As grandes diferenças ficam no desempenho do processador e na vida útil da bateria, que é quando o M1 mostra todo o seu potencial.

Quer saber quais as diferenças entre os dois MacBooks? O Zoom preparou um comparativo completo entre os modelos com Apple M1 e Intel Core i5 lançados em 2020, mostrando suas fichas técnicas, principais características e melhores preços.

Leia também: Apple lança MacBooks e Mac Mini com chip M1; veja preço e lançamento

MacBook Pro com processador Intel Core ou chip M1? Saiba qual comprar. (Foto: Divulgação/Apple)
MacBook Pro com processador Intel Core ou chip M1? Saiba qual comprar. (Foto: Divulgação/Apple)

Produto indisponível

Produto indisponível

Lançamento
2020
2020
Linha
MacBook
MacBook
Modelo
Pro
Pro
Tamanho da tela
13,3 polegadas
13,3 polegadas
Resolução da tela
Retina (2560 x 1600 pixels)
Retina (2560 x 1600 pixels)
Modelo do processador
Intel Core i5 de 10ª geração
Apple M1
Clock do processador
até 3,8 GHz
não informado
Núcleos do processador
4 (quad-core)
8 (octa-core)
Memória RAM
16 GB
8 GB
Armazenamento
512 GB de SSD
256 GB de SSD
Placa de vídeo
Intel Iris Plus (integrada)
Apple M1 (octa-core)
Bateria
10 horas de autonomia
20 horas de autonomia
Portas USB
4x Thunderbolt 4
2x Thunderbolt 3
Portas de vídeo
1x DisplayPort
1x DisplayPort
Porta de áudio
1x Combo (fone e microfone)
1x Combo (fone e microfone)
Portas de rede
não
não
Entrada para cartões SD
não
não
Conexões sem fio
Bluetooth 5 e Wi-Fi
Bluetooth 5 e Wi-Fi 6
Teclado retroiluminado
sim
sim
Tela sensível ao toque
não
não
Dimensões (L x P x A)
304 x 212 x 15 mm
304 x 212 x 15 mm
Peso
1,4 quilo
1,4 quilo
Sistema operacional
macOS
macOS Big Sur
Ofertas
Produto indisponível
Produto indisponível

Design

Os dois MacBooks possuem o mesmo design. (Foto: Divulgação/Apple)
Os dois MacBooks possuem o mesmo design. (Foto: Divulgação/Apple)

A Apple não costuma fazer mudanças drásticas no design dos seus notebooks, por isso o MacBook Pro com M1 tem a mesma aparência do modelo com processador Intel. Ambos contam com carcaça de alumínio reciclável, são leves, compactos e bem finos. Até as cores se mantém as mesmas, já que ambos podem ser encontrados em cinza espacial ou prata.

Comparando suas conexões, o Macbook Pro com Intel tem quatro portas Thunderbolt / USB 4, enquanto o modelo com M1 só dispõe de duas Thunderbolt 3. A entrada de áudio (combo de fone e microfone) está disponível em ambos, bem como a conexão sem fio Bluetooth 5.0. O modelo com Intel usa a conexão Wi-Fi “convencional”, enquanto o lançamento recente tem a tecnologia de Wi-Fi 6, que promete maior estabilidade na conexão e suporta velocidades maiores.

Teclado, touchpad e touch bar dos MacBooks. (Foto: Divulgação/Apple)
Teclado, touchpad e touch bar dos MacBooks. (Foto: Divulgação/Apple)

Os dois notebooks são equipados com o teclado Magic Keyboard, que voltou a usar a tecnologia “tesoura” em suas teclas. Com deslocamento de apenas 1 mm, clique promete ser mais silencioso e macio ao toque. O touchpad tem controles precisos e sensor de pressão, o que permite detectar a força que o usuário usa para realizar diferentes comandos.

Os dois notebooks têm touch bar acima do teclado, uma grande barra touch screen que fica acima do teclado e pode ser usada como atalho para botões, linha do tempo em editores de vídeo, entre outras possibilidades. Os Macbooks têm dois alto-falantes estéreos e certificação Dolby Atmos, para som com maior amplitude.

Tela

Os dois modelos também compartilham da mesma tela. (Foto: Divulgação/Apple)
Os dois modelos também compartilham da mesma tela. (Foto: Divulgação/Apple)

Os dispositivos da Apple sempre foram elogiados pelas suas telas, e a cada ano a empresa aprimorando a tecnologia dos painéis. O display dos dois modelos tem 13,3 polegadas, tecnologia IPS e resolução Retina de 2560 x 1600 pixels.

Além disso, os dois MacBooks contam com a tecnologia True Tone, que ajusta automaticamente o ponto de branco da tela à iluminação ambiente. Editores de foto e vídeo farão um bom uso dos notebooks, pois, além dos softwares exclusivos, a tela oferece ampla fidelidade de cores. Isso é possível por conta do Perfil P3, que cobre um espectro de cores ainda maior que o sRGB.

Desempenho

O Chip M1 é o grande destaque do novo MacBook. (Foto: Divulgação/Apple)
O Chip M1 é o grande destaque do novo MacBook. (Foto: Divulgação/Apple)

A primeira grande diferença que temos entre os modelos é no desempenho, já que o chip M1 tende a ser melhor que qualquer processador Intel integrado ao MacBook. O M1 é um modelo octa-core, sendo que desses oito núcleos, quatro são focados em desempenho e os outro quatro são para eficiência energética. Já o Intel Core i5 tem quatro núcleos, com clock que pode chegar a 3,8 GHz na tecnologia turbo.

O chip M1 ainda usa a tecnologia de Neural Engine, que tem 16 núcleos próprios e aprimora os processos de aprendizado de máquina. No momento da publicação desta análise, ainda não temos dados concretos sobre o desempenho do M1, mas testes já mostraram que ele é mais rápido que processadores i9 da Intel.

Características do Chip M1. (Foto: Divulgação/Apple)
Características do Chip M1. (Foto: Divulgação/Apple)

Além de uma CPU mais potente, o M1 também oferece uma poderosa placa de vídeo com oito núcleos. De acordo com a Apple, essa GPU é a versão integrada mais rápida do mundo. Testes de benchmark mostraram que ela conseguiu superar placas de vídeo dedicadas, como a GTX 1050 Ti.

O MacBook que usa o processador Intel é equipado com a placa de vídeo integrada Iris Plus, um modelo que é bem fraco quando comparado ao poder de processamento gráfico do chip M1. Seja no desempenho do dia a dia ou em uso de programas pesados, o novo MacBook da Apple irá entregar o melhor resultado de performance.

O macOS Big Sur é um SO otimizado para o chip M1. (Foto: Divulgação/Apple)
O macOS Big Sur é um SO otimizado para o chip M1. (Foto: Divulgação/Apple)

O novo notebook da Apple terá um sistema operacional próprio, o macOS Big Sur. Ele foi otimizado para o processador M1 e deixa o notebook ainda mais rápido. O grande destaque é a função Rosetta 2, que permite rodar os aplicativos que ainda não foram adaptados para rodarem no Apple M1.

Armazenamento

O MacBook com Intel suporta mais quantidade de memória RAM. (Foto: Divulgação/Apple)
O MacBook com Intel suporta mais quantidade de memória RAM. (Foto: Divulgação/Apple)

O MacBook Pro com M1 pode ser encontrado em duas configurações, ambas com 8 GB de memória RAM, sendo uma de 256 GB de SSD e a outra com 512 GB de SSD. Já o MacBook Pro com Intel tem 16 GB de memória RAM e é vendido com 512 GB ou 1 TB de SSD.

A grande diferença entre os dois é na possibilidade de upgrade, pois o modelo com M1 só pode chegar a 16 GB de memória RAM no máximo, enquanto a opção com Intel tem a possibilidade de expansão até 32 GB. Apesar de 16 GB já ser uma boa quantidade, quem trabalha com edição acaba pode precisar de mais RAM, e neste caso o MacBook Pro com Intel se sobressai.

O upgrade de armazenamento interno também é diferente, pois enquanto o MacBook com Intel chega a até 4 TB, o modelo com o chip M1 pode ter no máximo 2 TB de SSD.

Bateria

O Novo MacBook entrega até 20 horas de autonomia. (Foto: Divulgação/Apple)
O Novo MacBook entrega até 20 horas de autonomia. (Foto: Divulgação/Apple)

Além de desempenho melhor, o novo chip da Apple tem um grande impacto positivo no consumo de bateria do MacBook Pro. A fabricante chegou a afirmar que o chip M1 tem a melhor eficiência por watt do mundo, e isso se reflete no dobro de autonomia quanto comparado ao modelo da Intel.

O MacBook com M1 pode chegar à 20 horas de autonomia, enquanto seu “irmão” com processador Intel oferece até 10 horas de autonomia, número que já era considerado muito bom.

Custo-benefício

Os dois notebooks também tem outro fator em comum: o preço bem salgado! O modelo com chip M1 é vendido a partir de R$ 17.299 na loja oficial da Apple em sua versão mais “simples”, com 8 GB de memória RAM e 256 GB de SSD. Já o MacBook com Intel pode ser encontrado a partir de R$ 18.990, com 16 GB de SSD de 512 GB.

É esperado que o preço de lançamento do novo MacBook diminua um pouco quando ele for vendido por lojas varejistas eletrônicas, então o usuário deve avaliar o preço para fazer um upgrade de memória RAM. Caso o custo final fique parecido ou pouco maior que o notebook com Intel, então é mais vantajoso já investir na nova geração de processadores da Apple.

Compare preços

MacBook com Apple M1:

MacBook com Intel Core i5:

Conclusão

O novo chip da Apple é muito promissor e já mostra diferenças impressionantes de desempenho quando comparado aos MacBooks Pro mais potentes da empresa (com Intel). Além de boa performance, o M1 também oferece uma excelente eficiência energética, com o dobro de autonomia de bateria.

Caso o preço dele abaixe ao ponto dele ficar “viável” mesmo com o usuário tendo que adicionar mais 8 GB de memória RAM, com certeza o MacBook com chip M1 se torna a melhor opção de compra. Para consumidores mais exigentes que precisam de 32 Gb de RAM, por exemplo, o MacBook com Intel ainda será a opção a ser escolhida.

Leia também: